Foto Notícia

Continuar rezando: brasileiros devem sair de Gaza nesta sexta

Por: | 09/11/2023

Israel assegura ao Itamaraty que brasileiros deixarão Gaza nesta sexta

Na Faixa de Gaza, há um grupo de 34 brasileiros e familiares próximos que solicitaram repatriação ao governo brasileiro

Ahmad Hasaballah/Getty Images

Imagem colorida mostra A Faixa de Gaza, um território palestino sitiado, está sob pesados bombardeios de Israel em resposta ao ataque em grande escala realizado em 7 de outubro pelo Hamas em Israel - Metrópoles

O Itamaraty confirmou que os brasileiros estarão na lista desta sexta-feira (10/11) para deixar a Faixa de Gaza. A divulgação ocorreu após o chanceler Mauro Vieira manter contato telefônico com o ministro das Relações Exteriores de Israel, Eli Cohen.

O grupo de brasileiros e familiares próximos que aguarda autorização para deixar a Faixa de Gaza foi avisado, nesta quinta-feira (9/11), que poderá deixar o território palestino.

“Cohen afirmou não ter sido possível cumprir a garantia dada por ele de que os brasileiros sairiam ontem, 8/11, por fechamentos inesperados na fronteira. Assegurou a Vieira que brasileiros e familiares estarão na lista de estrangeiros autorizados a cruzar a fronteira amanhã”, afirmou o Itamaraty por meio do X (antigo Twitter).

A informação foi antecipada pela CNN Brasil, que cita fontes no governo brasileiro.

Metrópoles apurou que a Força Aérea Brasileira (FAB) foi informada, via governo federal, que há uma autorização para liberação dos brasileiros que estão na Faixa de Gaza. O grupo será resgatado com o avião VC-2, cedido pela Presidência da República e que está parado no Cairo, no Egito.

Na Faixa de Gaza, há um grupo de 34 brasileiros e familiares próximos que solicitaram repatriação ao governo brasileiro. O grupo está dividido entre duas cidades palestinas: 18 na cidade fronteiriça de Rafah, que liga a Faixa de Gaza ao Egito; e 16 em Khan Yunis, a 10 km da passagem.

A passagem de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, tem recebido estrangeiros e palestinos feridos desde 1º de novembro. No entanto, apenas têm autorização para cruzar a fronteira aquelas pessoas cujos nomes constam em uma lista elaborada por autoridades do Egito e de Israel – ela é divulgada a cada dia.

1

Nessa quarta-feira (8/11), venceu o prazo dado pelo chanceler de Israel, Eli Cohen, para incluir o grupo na lista de pessoas autorizadas a cruzarem a fronteira entre o território palestino e o Egito. Até o momento, foram seis listas, mas ainda sem nomes de brasileiros.

Ainda que sem definição, o plano segue formado: veículos estão mobilizados perto de Rafah, à espera do sinal verde do Egito para buscar os brasileiros por terra e, depois, encaminhá-los ao aeroporto do Cairo, no Egito, onde serão repatriados pela Força Aérea Brasileira (FAB).


FONTE: Metropoles - Acesse

Todos os campos são obrigatórios - O e-mail não será exibido em seu comentário